Dutasteride247.eu
sem necessidade de receita
 
 

selecione a sua língua: United Kingdom España Deutschland France Sverige Danmark norwegian Nederland Polska Česká republika Portugal Ελλάδα Italia

 
 
Nós Aceitamos


 
Atualmente Offline

 

 

Testemunhos

O meu médico receitou-me Avodart. Foi uma Decisão mas de acordo com a receita do médico os preços
são altos. Felizmente, eu encontrei os vossos produtos genéricos que apresentam a mesma alta qualidade e acima de tudo com um preço muito baixo. Fantástico!
- > - Pedro R. -

 

Resultados do Teste ao Avodart (Dutasterida)

Resultados dos Estudo de Queda de Cabelo Fase II FDA Avodart/Dutasterida
Foi comunicado na reunião do mês passado na Academia Americana de Dermatologia (AAD), em São Francisco, os resultados de um dos tratamentos mais promissores para a queda de cabelo do leque das aprovações da FDA. Roger S. Rittmaster, MD, produziu a Fase II (estudos humanos de escala reduzida) dos resultados dos ensaios da nova droga da Glaxo – Apresentamos a Dutasterida (GI198745), um inibidor dual da 5-alfa reductase.

A queda de cabelo está ligada à hormona Dihidrotestosterona (DHT), uma hormona masculina produzida quando a enzima 5-alfa reductase transforma a Testosterona em DHT. O Propecia (medicamento para a queda de cabelo), inibe um dos tipos desta enzima que transforma a Testosterona em DHT. A Dutasterida (Avodart)  bloqueia ambos os tipos da enzima, revelando ser um tratamento mais eficaz para a queda de cabelo. De acordo com Rittmaster, os homens com o tipo de enzima I 5-alfa reductase mas sem o tipo de enzima II 5-alfa reductase (aquele que bloqueia a DHT) perdem cabelo quando recebem injecções de Testosterona. Rittmaster afirma que tal ajuda a demonstrar que a enzima do tipo I não influencia a queda de cabelo.

Os testes iniciais demonstraram em São Francisco a capacidade da Dutasterida bloquear a DHT em comparação com Finasterida e um placebo. Os estudos da Fase II reuniram 416 homens (21-45 anos de idade) com os padrões de Norwood III, IV, e V. O estudo decorreu por 6 meses e foi aleatório e anónimo para os investigadores. O Proscar e o Placebo foram comparados à Dutasterida (dosagens de 0.05, 0.1, 0.5, e 2.5mg). Proscar (5mg forma de Finasterida) foi usado, já que Propecia não se encontrava disponível no início dos ensaios clínicos.

Os primeiros resultados estavam relacionados com valores IC50 para o Propecia vs. Dutasterida. O valor IC50 é a concentração de droga necessária para produzir uma inibição de 50%. Se você não tiver um conhecimento científico, os números abaixo podem não lhe dizer nada, mas quer dizer que apenas muito pouca Dutasterida é necessária para inibir enzima do tipo 1 5-alfa reductase e com o Propecia são necessárias grandes quantidades para o fazer. Em relação à enzima do tipo 2 5-alfa reductase (o tipo que Propecia é suposto bloquear), é necessário ainda menos Dutasterida que Propecia para a bloquear. Em suma, as pequenas doses de Dutasterida oferecem uma excelente inibição das enzimas de ambos os tipos de 5 -alfa reductase.

Fornecido por: Academia Americana de Dermatologia